Mediacine
Destaques da semana

Ancine participa do BIG Festival

A Ancine participou do 4º BIG Festival, Festival de Jogos Independentes da América Latina, que aconteceu no Centro Cultural São Paulo, entre os dias 25 de junho e 3 de julho. Prestigiaram o evento o diretor-presidente da Agência, Manoel Rangel, e o diretor Roberto LimaNo dia 29 de junho, o Secretário de Políticas de Financiamento, Paulo Alcoforado, participou do painel Caminhos para realizar seu game: fomento e financiamento. Alcoforado apresentou o Fundo Setorial do Audiovisual, iniciado em 2013, que possibilita associar a produção de um demo jogável ao projeto de roteiro de uma obra audiovisual para cinema ou TV, e é considerada a primeira incursão da Ancine nessa indústria. Em seguida, o Secretário anunciou que está em processo de edição uma nova linha que será exclusivamente voltada ao investimento na produção de jogos eletrônicos brasileiros independentes. O Secretário Executivo da Agência, Maurício Hirata, participou do painel Game On: Políticas Públicas e o Fortalecimento do Setor Produtivo de Games no Brasil, no dia seguinte, mostrando que a estimativa de faturamento para o mercado de jogos eletrônicos no Brasil em 2016 será de 1,28 bilhão de dólares e que o País é o 12º maior mercado no mundo em faturamento e o 4º em número de jogadores. 


Mostra Dire©toras no Cinemaison no Rio

Nos dias 18 e 25 de julho, o Cinemaison, em parceria com o Goethe-Institut, Institut Français do Brasil e Institut Français, exibe a mostra de curtas-metragens Dire©torascomposta por 20 filmes de diretoras do Brasil, França, Argentina, Uruguai e Alemanha. A mostra apresenta a diversidade da produção cinematográfica contemporânea realizada por mulheres em diferentes países, incluindo filmes de ficção, documentário e até experimentais. Com o objetivo de dar visibilidade ao trabalho de mulheres no cenário audiovisual e debater questões pertinentes ao gênero no cinema, a mostra ainda apresentará um debate final mediado pela professora doutora Janaína Damaceno, contando com a presença da realizadora Anita Rocha da Silveira, de Mate-me Por Favor, e Nina Tedesco, professora doutora do curso de Cinema e do programa de Pós-graduação em Estudos Contemporâneos das Artes da Universidade Federal Fluminense. No setor audiovisual atua nas áreas de roteiro, direção e, principalmente, direção de fotografia. É pesquisadora das relações entre cinema, gênero e sexualidade e uma das organizadoras do Cineclube Quase Catálogo – Mulheres Diretoras. A programação completa estará disponível na página do Cinemaison.

 


Cine Olympia em Belém recebe filmes franceses

O Cine Olympia, em Belém, recebe dos dias 15 a 20 de julho o filme O boulevard do crime, de Marcel Carné, vencedor do Prêmio da Crítica do Festival de Veneza de 1946. As sessões são uma parceria com a cinemateca do Institut Français do Brasil e o Institut Français e acontecem todos os dias às 18h, a entrada é gratuita. Logo em seguida, o cinema exibirá Pickpocket – O batedor de carteira, de Robert Bresson, dos dias 21 de julho a 3 de agosto, às 18h30 min. O Cine Olympia fica na Av. Pres. Vargas, 918 - Campina, Belém.


Brasileiros na seleção do Festival de Biarritz América Latina

Festival Biarritz Amérique Latine divulgou os selecionados da sua 25ª edição, que acontece na cidade francesa de 26 de setembro a 2 de outubro, e o Brasil está em peso no Festival. A competição de documentários conta com quatro produções brasileiras, são elas, Cinema Novo, de Eryk Rocha, ganhador do prêmio Olho de Ouro, no Festival de Cannes 2016, Fotograma, de Luís Henrique Leal, Jonas e o Circo sem lona, de Paula Gomes e Rosinha, de Gui Campos. Em 2015, o curta brasileiro O bom comportamento, de Eva Randolph recebeu o prêmio de Melhor Curta-Metragem. As inscrições para longas de ficção ainda estão abertas e encerram no dia 24 de julho. A seleção completa dos filmes está disponível aqui e o formulário de inscrição neste link


Mostra Liberté em BH

Entre 11 e 17 de julho, Belo Horizonte entra no clima francês para celebrar o Festival Liberté, que reúne palestra, teatro, cinema, fotografia e encerra com música e gastronomia típica na Festa Francesa. Na programação do Festival acontece a Mostra Liberté Brasil, entre os dias 13 e 16 de julho, onde serão exibidos filmes franceses relacionados ao tema e curtas metragem brasileiros que participaram do Festival de Cannes de 2016, na França. A Mostra acontece no MIS Cine Santa Tereza. Na abertura, 13 de julho, os diretores Leonardo Good God e Fabiano Araruna, que estiveram em Cannes, participaram de um bate-papo após. Esta quinta-feira, 14, tem exibição do filme Landes, de François-Xavier Vives, às 16h e uma seleção de curtas nacionais às 20h30.  A programação completa você encontra no link

 


FID Marseille recebe projeto brasileiro

O FID Marseille – Festival Internacional de Cinema de Marseille dedicado ao cinema contemporâneo e emergente, que exibe a cada ano aproximadamente 130 filmes para mais de 23000 espectadores e 650 profissionais, começou essa semana, 12 de julho e se estende até 18 de julho. No âmbito do Festival acontece o FIDLab, plataforma de coprodução que recebe 10 projetos selecionados entre quase 350 inscritos, durante dez dias os realizadores e produtores presentes apresentam seus projetos e podem encontrar parceiros produtores, distribuidores e financiadores. Nesta oitava edição do laboratório um filme brasileiro foi selecionado, Arábia, de João Dumans e Affonso Uchoa


Festival Internacional de Brasília abre inscrições

Estão abertas as inscrições para o Festival Internacional de Cinema de Brasília até 31 de julho. O Festival chega à sua 5ª edição se consolidando na agenda cultural do país e no circuito mundial dos festivais de cinema. Além das mostras competitivas, acontecem mostras paralelas com uma ampla diversidade temática e de gênero. São aceitas obras de ficção e documentário, e o regulamento completo está no site do BIFF


Curta Cinema Rio está com inscrições abertas

As inscrições para o Curta Cinema Rio de Janeiro – Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro vão até a próxima quinta-feira, 22 de julho. O evento, que acontece entre os dias 3 e 9 de novembro, no Rio de Janeiro, qualifica o vencedor do Grande Prêmio a pleitear uma vaga entre os indicados ao Oscar. Para serem aptos a participar do festival, os curtas precisam ter duração máxima de 30 minutos, e terem sido concluídos a partir de 2015, além de não terem participado de edições anteriores do festival. As inscrições são feitas pelo site


Rio Festival de Gênero & Sexualidade

Essa semana, no Rio de Janeiro, está acontecendo o Rio Festival de Gênero e Sexualidade no Cinema.  O Festival acontece em sete cinemas, em diferentes partes da cidade propondo debates importantes sobre a questão de gênero.  A França tem uma presença forte nesta edição do Festival, na programação estão o longa Where There is Shade, de Nathan Nicholovitch, a animação He Who Has Two Souls, de Fabrice Luang-Vija, na sessão DIVA (Diversidade em Animação). Tant Pis Chapter One, de Bruna Rodrigues e No Matter Who, de Anne-Claire Jaulin, completam o time francês na mostra internacional de curtas. A programação completa já está disponível no site do Festival


Caixa Cultural de Brasília ganha mostra de cinema Queer

A Caixa Cultural de Brasília realiza, entre os dias 13 e 21 de julho, a mostra New Queer Cinema – Segunda Onda, com importantes obras do cinema de todo o mundo que abordam de formas diferentes a questão de gênero. No dia 20 de julho, a mostra realiza o debate Novas configurações do gênero no cinema, reunindo os curadores da mostra, Denilson Lopes e Mateus Nagime, e a pesquisadora Tania Montoro para uma conversa com o público. O debate ocorrerá às 19h30, após a sessão do vencedor do Oscar Meninos não choram, de Kimberly Pierce. Estão na grade de programação os longas franceses Sitcom, de François Ozon, Madame Satã, de Karim Aïnouz (Brasil/França), Mal dos trópicos, de Apichatpong Weerasethakul (Tailândia/França) e Rosas selvagens, de André Téchiné. A seleção completa dos filmes você encontra no site da Caixa Cultural.


Cinemaison no Rio de Janeiro

18/07 ÀS 13H CRÔNICAS DE UM VERÃO

 Chronique d'un été (França, 1961). De Jean Rouch. Preto e branco/90’.


A Árvore

18/07 ÀS 15H A ÁRVORE

L'Arbre (Austrália, França 2010). De Julie Bertuccelli. Com Charlotte Gainsbourg. Em cores/100’.


18/07 ÀS 18H MOSTRA DIRE©TORAS

No mês de julho, o Cinemaison em parceria com o Goethe-Institut celebra a presença das mulheres na sétima arte e realiza a Mostra Dire©toras, nos dias 18 e 25 de julho.  Com uma seleção de curtas de diretoras da Argentina, Brasil, Alemanha, França e Uruguai, a Mostra pretende dar visibilidade ao trabalho de mulheres no cenário audiovisual e debater questões pertinentes ao gênero no cinema, a partir da exibição dos filmes e um debate, que acontecerá em 25 de julho. No dia 18 de julho serão duas sessões de curtas, a primeira às 18h e a segunda às 20h. Mais informações na página do Cinemaison


14/07 ÀS 20H Rio, Cidade Maravilhosa?

Na noite de quinta-feira, 14 de julho, o Cinemaison celebra a Festa Nacional Francesa e a cidade do Rio de Janeiro! Para essa comemoração, será exibido o filme Rio, Cidade Maravilhosa?de Pascal Cuissot (Gédéon Programmes & Arte), que conta os 450 anos da história de formação do Rio até os dias de hoje. O evento contará com a presença de professores, pesquisadores e especialistas das Universidades PUC, UFRJ, UFF, entre outras.

 


Em cartaz no Brasil
Agnus Dei

ESTREIA 14/07: AGNUS DEI

Les Innocentes (França, Polônia 2016). De Anne Fontaine. Com Lou de Laâge, Vincent Macaigne. Em cores/115’.


A Vaidade

ESTREIA 14/07: LA VANITÉ

La Vanité (França, Suíça 2015). Em cores/75’.


Chocolate

ESTREIA 21/07: CHOCOLATE

Chocolat (França 2015). De Roschdy Zem. Com James Thiérrée, Omar Sy. Em cores/120’.


NA EUROPA

Berlinale Talents abre inscrições

A Berlinale Talents, plataforma do Festival Internacional de Cinema de Berlim que anualmente reúne cerca de 250 talentos emergentes do cinema e televisão, começou a receber inscrições para sua próxima edição, que acontecerá entre 11 e 16 de fevereiro de 2017, na 67ª edição do Festival. Podem se inscrever produtores, diretores, distribuidores, agentes de venda, editores, críticos, atores, roteiristas, diretores de fotografia, designers de som em seus primeiros anos de carreira profissional. Além de participar de masterclasses, painéis de discussão com profissionais do mercado, os selecionados poderão apresentar seus projetos em diferentes espaços da iniciativa. Diretores com documentários em desenvolvimento poderão participar do Doc Station e diretores ou escritores com projetos de curta-metragem de animação, documentário ou ficção podem participar do Short Film StationOutras informações estão disponíveis no site da Berlinane Talents.


Longa francês ganha prêmio em Festival de Munique

O filme francês Nós ou nada em Paris, de Kheiron, recebeu o  Prêmio do Público na 34ª edição do Festival de Munique, que aconteceu de 23 de junho a 2 de julho na cidade alemã. A diretora do Festival, Diane Ilijne comentou sobre sua felicidade de três dos filmes premiados terem perspectivas femininas. O maior prêmio do Festival foi dado a Le Client, do diretor iraniano Asghar Farhadi. O filme francês premiado está em cartaz nos cinemas do Brasil. 


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.