Mediacine
Destaques da semana

43ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE SÃO PAULO

Entre os dias 17 e 30 de outubro, acontece a 43ª edição da tradicional Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Em relação ao cinema francês, a Mostra conta com mais de 40 produções e coproduções francesas em sua programação. Na edição deste ano, o evento realiza a Retrospectiva Olivier Assayas, exibindo 16 filmes do cineasta francês, como sua mais recente obra Wasp Network, que foi escolhida como filme de abertura da Mostra. 

No Vão-Livre do MASP (Avenida Paulista, 1578 - Bela Vista - São Paulo), acontece, no dia 27 de outubro as 19h30, a seção Programa Méliès e Primórdios do Cinema Brasileiros, com filmes de um dos percursores do cinema, o cineasta e ilusionista francês Georges Méliès. Serão exibidos oito filmes do pioneiro da arte cinematográfica, como Joana D'Arc (1900) e Viagem à Lua (1902).

A cooperação audiovisual franco-brasileira também está presente na Mostra, com Fendas (Brasil, França), de Carlos Segundo, e Sem seu sangue (Brasil, França, Holanda), de Alice Furtado, na seção Competição, e Breve Miragem de Sol (Brasil, França, Argentina), de Eryk Rocha, e Três Verões (Brasil, França), de Sandra Kogut, na Mostra Brasil. 

Já na categoria Perspectiva Internacional, serão exibidas 27 produções e coproduções francesas, entre elas O Tempo das Florestas, um documentário sobre as florestas em perigo, de François-Xavier Drouet, que participará das sessões de exibição de seu filme. Benoît Forgeard, também estará presente como convidado, com sua comédia Tudo sobre Yves. Ambos os diretores também estarão presentes nos dias 28 e 29 de outubro na CineMaison no Rio de Janeiro. 

Para mais informações sobre a Mostra de São Paulo, acesse o site


INSCRIÇÕES ABERTAS PARA WORKSHOP LA FÉMIS DE PRODUÇÃO CRIATIVA

Estão abertas até 24/10 as inscrições para o Workshop Fémis de Produção Criativa com Juliette Grandmont. Convidada da Embaixada da França, Juliette é produtora de I Am Not a Witch, indicado para representar o Reino Unido no Oscar 2019 de melhor filme estrangeiro.

O curso da La Fémis, renomada escola francesa de cinema, é direcionado para produtores com cinco anos de experiência, que já tenham produzido um longa de ficção e/ou tenham produzido e lançado três curtas ficcionais.

Realizado no Brasil por iniciativa do Projeto Paradiso, em parceria com o Festival do Rio, que este ano acontecerá em dezembro, e SICAV, o curso será na cidade do Rio de Janeiro, de 25 a 29 de novembro, em período integral.

O workshop aborda o papel do produtor criativo, desde sua participação no processo de escrita de uma obra até o desenvolvimento e financiamento e discute também oportunidades de co-produções internacionais. Ele contará também com a participação de Tatiana Leite, produtora do filme Benzinho. As inscrições devem ser feitas no site e os produtores selecionados serão anunciados em 15/11.


RETROSPECTIVA CLOUZOT EM FORTALEZA

Em outubro, a Retrospectiva Clouzot, que já passou por diversas cidades brasileiras ao longo deste ano, chega ao Cinema do Dragão do Mar em Fortaleza.

Realizada em parceria com o Institut Français, a mostra, que ocorre entre os dias 17 e 20 deste mês, exibe quatro longas-metragens do mestre do suspense francês: As DiabólicasO assassino mora no 21O Salário do Medo, ficções que se estruturam como filmes noir cujas tramas complexas são recheadas de reviravoltas, e o documentário O mistério de Picasso, em que Clouzot filma, em 1955, o processo criativo do pintor espanhol através de 20 telas feitas especialmente para o filme.

Também serão exibidos os documentários O escândalo Clouzot, sobre a controversa carreira do cineasta e os bastidores de seus métodos tirânicos, e O inferno de Henri-Georges Clouzot, com materiais de arquivo de L'enfer, seu lendário filme inacabado. 

As cópias exibidas no Cinema do Dragão na Retrospectiva Clouzot (em DCP 2K e Full HD) foram recentemente restauradas em ocasião do quadragésimo aniversário de sua morte, no ano de 2017. 

A programação completa da mostra pode ser visualizada no site. 


FESTIVAL ÓPERA NA TELA EM SÃO PAULO E NO RIO DE JANEIRO

Festival Ópera na Tela, produzido pela Bonfilm, chega pela primeira vez em São Paulo, entre os dias 18 e 27 de outubro, no Museu da Casa Brasileira, e realiza sua 5ª edição no Rio de Janeiro, entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro no Parque Lage. Em cada cidade será montada uma tenda a céu aberto para a exibição de uma récita por dia, os títulos, em cópias digitais e legendadas, integraram a temporada europeia recente compondo uma programação diversa entre óperas clássicas e releituras mais contemporâneas.

Guiseppe Verdi é um dos homenageados deste ano, com a exibição de cinco de suas mais famosas composições de ópera. Além disso, a programação inclui obras de MozartGlückOffenbachLehárMonteverdiWagner e Puccini

No intuito de democratizar a arte lírica e formar novas plateias, o Festival também propõe ações educativas. Entre elas, será realizada uma ópera com 400 crianças, O Príncipe de Palavrastortas, cuja apresentação acontecerá nos dias 05 e 06 de novembro no Teatro Riachuelo, no Rio de Janeiro. Para ser viabilizada essa iniciativa social, o Festival está realizando um financiamento coletivo no site https://benfeitoria.com/operaparacriancas, e aqueles que contribuírem poderão ganhar ingressos para as apresentações no Teatro Riachuelo e para o Festival Ópera na Tela.

Para mais informações sobre o festival, confira o site


OLHARES CRUZADOS NA BIBLIOMAISON

No dia 22 de outubro, 3ª feira, às 18h30, a Bibliomaison irá receber o pianista franco-brasileiro Philippe Baden-Powell e o cineasta francês Benjamin Rassat para uma noite de celebração do diálogo musical e da amizade entre a França e o Brasil.

O evento tem entrada gratuita e é organizado conjuntamente pelos Serviço de Imprensa e o Serviço Audiovisual do Consulado-Geral da França no Rio de Janeiro.

Os dois convidados transitam desde criança entre os dois países, e mostrarão um pouco dessa bagagem artística de dois mundos, contando histórias e exibindo suas criações inspiradas por ambas as culturas.

Brasileiro nascido em Paris, Philippe apresentará no piano clássicos da MPB e da chanson française, incluindo peças de seus trabalhos solo e composições de seu pai, o célebre violonista Baden Powell, a quem acompanhou vários anos. Parisiense apaixonado pelo Brasil, Benjamin mostrará trechos de alguns de seus filmes, entre eles Oba Oba Oba, filmado no país durante a Copa do Mundo de 2014, no qual retrata instrumentistas consagrados e novos talentos da música brasileira, e de Si tu vas à Rio, ainda inédito, que revela as surpreendentes e muitas vezes ignoradas ligações entre canções conhecidas no Brasil e na França.


PRESENÇA FRANCESA NA FLUP 2019

De 16 a 20 de outubro, o Museu de Arte do Rio recebe a 8ª edição da FLUP 2019 - A Festa Literária das Periferias.

A FLUP é uma festa literária internacional cuja principal característica é acontecer em territórios tradicionalmente excluídos dos programas literários. A sua 8ª edição celebra o poder da poesia falada, em particular, aquela produzida pelo povo negro.

A cineasta e roterista, Rama Thiaw, nascida na Mauritânia e vivendo no Senegal, é uma das convidadas do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro no evento. Seu último filme, The Revolution Won’t be Televised (A revolução não será televisionada), acompanha de dentro a onda de protestos por democracia liderados por artistas senegaleses, em uma “primavera subsaariana” severamente reprimida.

Na FLUP, Thiaw participou da mesa Com quantas Áfricas se faz uma Diáspora, que aconteceu na quinta-feira, 17/10, no Pilotis do MAR.

Para conferir a programação completa do evento, acesse o site


FESTA DO CINEMA DE ANIMAÇÃO EM BELO HORIZONTE

No mês de outubro, se comemora o Cinema de Animação na França. A celebração acontece nesta época do ano, pois foi em 28 de outubro, atual Dia Internacional do Cinema de Animação, que Émile Reynaud, pioneiro da imagem animada, fez a primeira projeção pública de pantomimas luminosas em Paris

Em conssonância com essa celebração, a Aliança Francesa de Belo Horizonte, em parceria com o SESC Palladium, realiza a Festa do Cinema de Animação 2019.

Festival exibe mais de 30 filmes, entre curtas e longas metragens franceses, com entrada gratuita. Também ocorrerá uma sessão especial, Mundos Imaginários, voltada para a exibição de sete curtas-metragens, restaurados e digitalizados, realizados entre 1964 e 1978, por Jean-François Laguionie em parceria com a Agência do Curta Metragem

A 5ª temporada da série Saindo da Escola também está na programação. Trata-se de uma coleção de 13 curtas metragens de animação de 3 minutos, que propõe associar 13 poemas de Prévert ao universo gráfico de jovens realizadores, todos recém-saídos das escolas de animação francesas. Essa é a primeira e única série dedicada à poesia para o público jovem.

A programação completa pode ser visualizada no site do evento. 


MOSTRA TRUFFAUT EM 35MM NO RIO DE JANEIRO

Entre os dias 21 e 29 de outubro, a Cinemateca do MAM no Rio de Janeiro recebe a  Mostra Truffaut em 35mm: Uma Semana de Cinefilia.

A mostra, idealizada pelo site Vertentes do Cinema, é uma realização da Cinemateca do MAM RJ, com produção da BLG EntretenimentoCavídeo Produções; e do Rosebud Club

Com curadoria de Fabricio Duque e Luiz Baez, o evento é uma homenagem ao mestre mais americano dos franceses, numa celebração dos 35 anos de uma ausência tornada viva por tantos filmes. Serão promovidos debates e exibições gratuitas de dois curtas e dezesseis longas-metragens, em cópias em 35 mm da própria Cinemateca. 

A Mostra será composta pelos filmes: De repente, num domingo (1983), A mulher do lado (1981), O último metrô (1980), O amor em fuga (1979), O quarto verde (1978), O homem que amava as mulheres (1977), Na idade da inocência (1976), A história de Adèle H. (1975), As duas inglesas e o amor (1971), Domicílo conjugal (1970), A sereia do Mississipi (1969), Beijos proibidos (1968), Um só pecado (1964), O amor aos vinte anos: Antoine e Colette (1962), Jules e Jim (1962), Atirem no pianista (1960), Os pivetes (1957). 

Para mais informações, acesse o evento oficial no Facebook


XV PANORAMA INTERNACIONAL COISA DE CINEMA NA BAHIA

Entre os dias 30 de outubro e 06 de novembro, acontece o XV Panorama Internacional Coisa de Cinema nas cidades baianas de Salvador e Cachoeira.

O Festival, produzido pela Coisa de Cinema e apoiado financeiramente pelo Governo do Estado da Bahia, conta com cerca de 128 filmes em sua programação.

Dentre os títulos selecionados, estão presentes as coproduções francesas: Alva, de Ico Costa, uma coprodução entre Portugal, Argentina e França, que compete na Competitiva Internacional de Longas-Metragens; já na Competitiva Internacional de Curtas-Metragens competem Fluir/Flow, de Adriaan Lokman, uma coprodução entre Holanda e França, e Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias, de Regina Pessoa, coproduzido por Portugal, Canadá e França; na Competitiva Nacional de Longas-Metragens, será exibida a coprodução entre Brasil, França e Argentina, Breve Miragem do Sol, de Eryk Rocha.

Justin Pechberty, integrante da produtora Les Valseurs e produtor de várias produções franco-brasileiras, como a premiada animação Guaxuma (2018), estará presente no festival como convidado do Institut Français du Brésil

Para conferir a programação completa, acesse a página no Facebook do Festival. 


29ª EDIÇÃO DO CURTA CINEMA NO RIO DE JANEIRO

Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro chega à sua 29ª edição em 2019.  

Organizado pela FRANCO – Associação Franco Cultural em parceria com a Franco Produções, o Festival, que acontece entre os dias 30 de outubro e 06 de novembro, se dedica exclusivamente à exibição e à promoção de obras audiovisuais de curta-metragem, com o objetivo de promover reflexões sobre o formato curta-metragem e aprimorar o intercâmbio entre entre a produção nacional e a internacional.

Na seleção oficial do Festival constam várias produções e coproduções francesas. O filme francês 2 ou 3 choses de Marie Jacobson (2019), de Anne Azoulay, fará parte da sessão de abertura do evento, enquanto que na Competição Internacional estarão presentes os curtas: Figurant (2019), de Jan Vejnar, coproduzido por República Tcheca e França, Insectopedia (2019), de Antoine Fontaine, coproduzido por Bélgica e França, The Van (2019), de Erenik Beqiri, coproduzido por Albânia e França, e a produção francesa Tigre (2018), de Delphine Deloget. Na seção Panorama Latino-Americano, será exibida a coprodução entre Haiti e França, Trois Machettes (2019), de Matthieu Maunier Rossi

Além disso, alguns filmes serão exibidos no CineMaison nos dias 04 e 05 de novembro com a presença da cineasta brasileira Sandra Kogut, que dará uma Masterclass de Direção no dia 02 de novembro, das 15h às 16h30.

Para mais informações sobre a programação do Festival, acesse o site.


Cinemaison no Rio de Janeiro

21 e 22.10 CINEMAISON


Em cartaz no Brasil
A luta de classes

24.10 A LUTA DE CLASSES

La Lutte des Classes (França 2018).

 De Michel Leclerc. Com Edouard BaerLeïla BekhtiRamzy Bedia. Comédia em /103’.

Corentin, filho de Paul e Sofia, tem um mistério: em sua escola e nos ambientes que frequenta, ele só se relaciona com crianças semelhantes a ele. Na sala de aula, essa identificação - que não se sabe qual - é o ponto que une Corentin a seus amigos. Porém, quando seus colegas se mudam de colégio, o menino passa a ser o único da classe. Qual será a sua grande singularidade, já que crianças costumam não diferenciar gênero, classe social, cor da pele ou religião?


Na França

CINEMA BRASILEIRO PREMIADO NO FESTIVAL BIARRITZ AMERICA LATINA 2019

Foi encerrada no dia 06 de outubro 28ª edição do Festival Biarritz América Latina

O Festival, que é considerado uma refêrencia para o cinema-latino, premiou diversos filmes brasileiros nesta edição. 

Na categoria Longa-Metragem de Ficcção, o filme A Febre (2019), de Maya Da-Rin, coproduzido por Brasil, França e Alemanha, levou o Abrazo de Melho Filme. Já o filme A Vida Invísivel (2018), de Karim Aïnouz, coproduzido por Brasil e Alemanha, ganhou o Prêmio do Júri e o Prêmio do Sindicato Francês da Crítica de Cinema. O curta-metragem  O Mistério da Carne (2018), de Rafaela Camelo, foi agraciado com o Prêmio de Melhor Curta-Metragem. 

No laboratório de projetos audiovisuais do festival, o BAL-LAB, filmes brasileiros também foram premiados, com o Prêmio BAL-LAB de Documentário indo para "Ceci Bon", de Rodrigo John, e o Prêmio BAL-LAB de Ficção para "Sangue do meu sangue", de Rafaela Camelo

Para conferir a lista completa com os filmes premiados, acesse o site do Festival. 

 


ABERTAS AS CANDIDATURAS PARA LA FABRIQUE 2020

As chamadas de candidaturas para La Fabrique de L’Institut Français 2020 estão abertas.

La Fabrique Cinéma é um projeto do Institut Français realizado em parceria com France Médias Monde, a Société des Auteurs, Compositeurs et Editeurs de musique (Sacem), a Organisation Internationale de la Francophonie, e com o apoio do Orange Studio, a fim de favorecer a emergência da jovem criação de países do Sul no mercado internacional. 

Desenvolvido numa estreita relação com o Festival de Cannes e o Marché du Film, o programa seleciona 10 projetos de 1º ou 2º longa-metragem, de ficção, documentário ou animação, realizados em Países Emergente e em Desenvolvimento no Sul. A cada ano, durante o Festival de Cannes, La Fabrique convida os  diretores e produtores dos projetos selecionados para os apresentarem de forma privilegiada para a indústria, a fim de favorecer sua capacidade de realização.

Serão aceitos até 120 projetos inscritos até o início de novembro de 2019. Os interessados devem realizar as inscrições no site Cinémas du Monde, onde constam todas as informações sobre o programa, disponíveis em inglês e francês. A cada semana serão dispostas no site informações atualizadas sobre o número e estados de candidaturas.


AIDE AUX CINEMAS DU MONDE

Ajuda aos Cinemas do Mundo (Aide aux cinémas du monde), desenvolvida na França pelo CNC (Centro Nacional de Cinema e da Imagem animada), é uma ajuda seletiva reservada à projetos de longa-metragens (ficção, animação o documentário de criação) destinados a uma primeira exibição em sala de cinema. Pode ser atribuída antes da realização (ajuda para a produção). Os projetos que não forem selecionados para essa ajuda podem aplicar para uma ajuda pós-realização (ajuda para a finalização).  

Essa ajuda tem como objetivo facilitar a colaboração entre cineastas e profissionais do mundo inteiro e incentivar a coprodução de obras que contribuirão à promoção da diversidade cultural.

Ajuda para a produção - Data da próxima comissão:

25 a 29 de novembro 2019

Ajuda para a finalização - Data das próximas comissões:

18 a 22 de novembro de 2019

24 a 28 fevereiro 2020

Para mais informações, acesse o site.


Na América Latina

FILMES BRASILEIROS NO FIFAC – FESTIVAL INTERNATIONAL DU FILM DOCUMENTAIRE AMAZONIE-CARAÏBES

Entre os dias 14 e 18 de outubro, acontece a 1ª edição do FIFAC - Festival International du Film Documentaire Amazonie-Caraïbes, em Saint- Laurent du Maroni na Guiana Francesa.

O Festival, realizado pela AFIFAC e dedicado ao gênero documental produzido na região da Amazônia e do Caribe, se inscreve na política de criação de festivais de filmes documentários do Pólo Ultramarino da France Télévisions em três grandes bacias oceânicas: Pacifico, índico, e Atlântico. Assim, o FIFAC dá continuidade ao FIFO, que ocorre na Polinésia há 15 anos, e ao FIFOI, que ocorrerá na Ilha da Reunião em 2020. 

O evento exibe três filmes brasileiros em sua programação. Na sessão competitiva, se faz presente a coprodução franco-brasileira, Le Vertige de la Chute (2018), de Vincent Rimbaux e Patrizia Landi, que estará presente nas exibições do documentário. Já os filmes La Arrancada (2018), de Aldemar Matias, coproduzido por Cuba, França e Brasil, e River Silence (2019), de Rogério Soare, coproduzido por Canadá e Brasil, serão exibidos paralelamente. 

O Festival também realiza colóquios e reencontros profissionais. No Colloque des Médias de la Région Amazonie Caraïbe, estarão presente as convidadas brasileiras Simone Oliveira, diretora de produção e desenvolvimento da Globo Filmes, e Mariannne Cavalcante, diretora geral da CBN Amazônia e gerente do Portal Amazônia e Canal de Televisão Amazon Sat.


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.