Vincent Cassel



Participação nos filmes

  • Nosso Dia Chegará
  • Nosso Dia Chegará
  • Nosso Dia Chegará
  • Nosso Dia Chegará

Nosso Dia Chegará

Notre jour viendra (França 2010). De Romain Gavras. Com Justine Lerooy, Olivier Barthelemy, Vincent Cassel. Em cores/90’. Classificação etária 16 anos.

Sinopse

Sinopse

Patrick e Rémy não tem língua, nem país, nem exército: eles são ruivos. Juntos, eles combaterão o mundo e sua moral, numa busca alucinante em direção à Irlanda e à liberdade. Estréia de Romain Gavras, filho de Costa-Gavras na direção. Nosso dia chegará, é estrelado por Vincent Cassel e Olivier Barthelemy com os papeis de dois ruivos que embarcam em uma viagem da França para a Irlanda para escapar dos preconceitos associados à sua cor de cabelo, preconceitos com os quais conviveram desde o início de suas existências.
O Apartamento

O Apartamento

L'Appartement (França 1996). Com Monica Bellucci, Romane Bohringer, Vincent Cassel. Em cores/116’.

Sinopse

Sinopse

Max vive em Paris e desiste de ir a Tóquio ao encontrar Lisa e se apaixonar por ela. Obcecado em conhecê-la, a segue até descobrir onde vive. Ao entrar furtivamente no seu apartamento, encontra a colega de Lisa, Alice e pensando ser a amada, dorme com ela. Para complicar ainda mais a história, Alice é namorada de um grande amigo de Max.
O Monge

O Monge

Le Moine (Espanha, França 2011). De Dominik Moll. Com Déborah François, Vincent Cassel. Em cores/101’.

Sinopse

Sinopse


Paris, século XVII. Abandonado na escadaria de um mosteiro quando ainda era bebê e criado por monges Capucinos, Ambrósio tornou-se o pregador mais famoso de toda a França. O clérigo atrai multidões para seus sermões, o que desperta a inveja de alguns de seus colegas. Convencido de que é um homem justo, daqueles que vivem segundo os desígnios de Deus, Ambrósio acredita estar livre de qualquer tentação. Porém, acontecimentos estranhos estão aterrorizando o mosteiro. Será que a chegada de Valério , um monge aprendiz que esconde sua face desfigurada por baixo de uma máscara de cera está causando as assombrações.

  • O Ódio
  • O Ódio

O Ódio

La Haine (França 1995). De Mathieu Kassovitz. Com Hubert Koundé, Vincent Cassel. Em preto e branco/95’. Classificação etária 16 anos.

Sinopse

Sinopse

Naquela noite, houve muitos enfrentamentos entre a polícia e os jovens da Cohab "Les Muguets", na periferia de Paris. Os jovens estão revoltados porque Abdel, um jovem de 16 anos, foi surrado durante um interrogatório e está morrendo. Entre estes jovens cegados pelo Ódio, três meninos bem comportados: Hubert, Said e Vinz. Juntos, vão viver o dia mais importante de suas vidas, quando entra em cena o quarto elemento: a pistola automática Beretta de 9mm que um dos policiais teria perdido durante as brigas...
  • O Pacto dos Lobos
  • O Pacto dos Lobos
  • O Pacto dos Lobos

O Pacto dos Lobos

Le Pacte des loups (França 2001). De Cristophe Gans. Com Emilie Dequenne, Jérémie Renier, Monica Bellucci, Nark Decascos, Samuel Le Bihan, Vincent Cassel. Em cores/143’. Classificação etária 18.

Sinopse

Sinopse

Será um lobo voraz ou uma quimera popular que mata mulheres e crianças no País de Gevaudan? A horrível criatura parece escolher suas vítimas: nenhum adulto masculino é devorado pela fera... Para pôr fim aos rumores fantásticos e acabar com o discrédito da monarquia, Louis XV convoca militares e cientistas na província de Lozère. O libertino Grégoire de Fronsac está certo de que tudo não passa de mentira e aparência. Junto aos notáveis, ele combaterá o obscurantismo, perdendo assim um ser querido e descobrindo ao mesmo tempo o amor.
  • Quando a Porca Torce o Rabo
  • Quando a Porca Torce o Rabo
  • Quando a Porca Torce o Rabo
  • Quando a Porca Torce o Rabo
  • Quando a Porca Torce o Rabo

Quando a Porca Torce o Rabo

Sa Majesté Minor (França 2007). De Jean-Jacques Annaud. Com Claude Brasseur, Jean-Luc Bideau, José Garcia, Rufus, Vincent Cassel. Em cores/101’.

Sinopse

Sinopse


Um dos diretores mais festejados do chamado ''cinema histórico", Jean Jacques Annaud mergulha, agora, numa pequena comunidade helênica que habitou a região do mar Egeu séculos antes de Cristo. Assim, acompanhe o cotidiano de um membro da tribo que nunca aprendeu a falar e estranhamente come e dorme com os porcos, mas que vê sua vida mudar totalmente quando descobre uma floresta habitada por criaturas mitológicas.

Rios Vermelhos

Rios Vermelhos

Les rivières pourpres (França 2000). De Marin Karmitz, Mathieu Kassovitz. Com Jean Reno, Vincent Cassel. Em cores/103’.

Sinopse

Sinopse

Quando um policial (Jean Reno) é chamado para investigar terríveis assassinatos, ele penetra em um mundo secreto de mentiras e horrores inimagináveis. A cada crime surge uma nova pista, a cada vítima, um potencial suspeito envolvido em uma experiência imoral. Cheio de suspense sangrento, reviravolta extraordinárias e locações de tirar o fôlego, este tenso thriller tem estilo, ação e a inteligência para mantê-lo preso na poltrona até sua chocante conclusão.

Satã

Sheitan (França 2006). Com Leïla Bekhti, Vincent Cassel. Em cores/88’.

Sinopse

Sinopse

Na véspera do Natal, um grupo de jovens decide sair da festa para ir à casa de campo de umas garotas. Quando chegam conhecem Joseph, o estranho caseiro. E assustadoras situações começam a acontecer.
  • Sobre meus lábios
  • Sobre meus lábios
  • Sobre meus lábios

Sobre meus lábios

Sur mes lèvres (França 2001). De Jacques Audiard. Com Emmanuelle Devos, Olivia Bonamy, Olivier Gourmet, Olivier Perrier, Vincent Cassel. Em cores/115’.

Sinopse

Sinopse


Carla Bhem tem 35 anos e é secretária de um promotor imobiliário há muito tempo. Ela cuida de tudo: recados, orçamentos, dossiês... sem se preocupar com as horas extras. Tudo isso, por um salário de miséria e tendo que suportar a zombaria dos membros da empresa por sua deficiência auditiva, razão pela qual Carla consegue ler as piadas nos lábios de seus colegas de trabalho. A chegada de Paul, recém saído da prisão e contratado na empresa como estagiário, vai mudar radicalmente a sua vida.

* César 2002: Melhor Atriz Principal -Emmanuelle Devos, Melhor Roteiro, Melhor Som.

  • Violência Coletiva
  • Violência Coletiva
  • Violência Coletiva
  • Violência Coletiva

Violência Coletiva

Violence en réunion (França 2015). De Karim Boukercha. Com Quentin Faure, Vincent Cassel. Em cores/15’. Classificação etária Livre.

Sinopse

Sinopse

Todas as noites, durante uma semana, uma misteriosa mulher com uma burca provoca os policiais que patrulham a área e desencadeia confrontos com os jovens da cidade. Enquanto isso, Vince, antiga lenda da rua, luta contra seus velhos demônios para não voltar para as ruas.