Richard Berry



Participação nos filmes

  • 22 Balas
  • 22 Balas
  • 22 Balas
  • 22 Balas
  • 22 Balas

22 Balas

L'Immortel (França 2010). De Richard Berry. Com Jean Reno, Richard Berry, Jean-Pierre Darroussin, Kad Merad, Marina Foïs, Moussa Maaskri. Em cores/115’.

Sinopse

Sinopse


Depois de anos vivendo fora da lei , Charly Mattei resolveu nos últimos três anos se dedicar à familia e viver harmoniosamente com sua esposa e seus dois filhos pequenos. No entanto, em uma manhã de inverno, ele é encontrado em um estacionamento com 22 balas no corpo. Apesar de muitos acreditarem que ele havia morrido, Charly misteriosamente sobrevive. Agora ele sai à caça de Tony Zacchia, o único homem que se atreveria a tentar matá-lo... Zacchia cometeu apenas um erro: ele falhou.

  • Caixa Preta
  • Caixa Preta
  • Caixa Preta
  • Caixa Preta

Caixa Preta

La Boîte noire (França 2005). De Richard Berry. Com Bernard Le Coq, Gérald Laroche, José Garcia, Marion Cotillard, Michel Duchaussoy. Em preto e branco/85’. Classificação etária 16 anos.

Sinopse

Sinopse


Depois de um estranho acidente, Arthur fica em coma. Após acordar, está em um dilema: o que estaria fazendo naquela estrada? Para ajudá-lo, a enfermeira que cuidou dele fornece as gravações dos seus delírios enqüanto estava desacordado. Ele começa então uma busca pessoal por respostas do passado.

  • Como Teu Pai
  • Como Teu Pai
  • Como Teu Pai
  • Como Teu Pai
  • Como Teu Pai

Como Teu Pai

Comme ton père (França 2007). De Marco Camel. Com Gad Elmaleh, Jules- Angelo Bigarnet, Richard Berry, Yaël Abecassis. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse


No início dos anos 70, o casal Felix e Mireille e seus filhos Éric e Michel se mudam de Israel para o bairro de Belleville, em Paris, local onde reside grande parte da classe operária além de ter uma intensa mistura de povos, culturas e religiões. Sua ligação com Serge, um chefão local com as mesmas raízes que eles, irá mudar sua vida ao introduzi-los ao submundo do crime. As escolhas que Felix fará perturbarão a infância de seu filho, de onze anos. Michel, que sempre considerou o pai como um herói, irá amadurecer rápido, rápido demais.... Envergonhada com a situação, Mireille tenta manter sua família unida, mas logo o jovem Michel decide seguir os passos do pai no mundo do crime.

  • Consentimento Mútuo
  • Consentimento Mútuo
  • Consentimento Mútuo

Consentimento Mútuo

Consentement mutuel (França 1994). De Bernard Stora. Com Anne Brochet, Richard Berry. Em cores/105’.

Sinopse

Sinopse


Após dez anos de casamento, Jeanne e Romain divorciam-se por consentimento mútuo. A filha, Mado, vai morar com a mãe. Tudo parece correr às mil maravilhas. Certo dia, porém, Jeanne recebe uma carta registrada do ex-marido repreendendo-a por não cumprir seu papel de mãe. A guerra está declarada...

  • Contratado para Amar
  • Contratado para Amar
  • Contratado para Amar
  • Contratado para Amar
  • Contratado para Amar

Contratado para Amar

La Doublure (Bélgica, França, Itália 2006). De Francis Veber. Com Daniel Auteuil, Dany Boon, Gad Elmaleh, Kristin Scott Thomas, Michel Aumont, Richard Berry, Virginie Ledoyen. Em cores/80’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse


Um executivo é fotografado ao lado de sua amante e para tentar salvar seu casamento ele finge que a mulher é namorada do manobrista de um hotel. Para tornar a sua desculpa mais real, ele consegue fazer com que o empregado more com a sua amante e finja que são, de fato, um casal.

  • Fogo Cruzado
  • Fogo Cruzado
  • Fogo Cruzado
  • Fogo Cruzado
  • Fogo Cruzado

Fogo Cruzado

Les Insoumis (França 2008). Com Aïssa Maiga, Bernard Blancan, Pascal Elbé, Richard Berry. Em cores/94’.

Sinopse

Sinopse

De Claude-Michel Rome.


Vincent Drieu é um policial em fim de carreira. Este misterioso capitão da Brigada de Repressão ao Banditismo se vê confinado a uma delegacia isolada do interior, completamente desmotivada, o que inclui a delegada Vasseur e sua equipe: Jean-Ba, Wazeme, Manu e Kathia. A irresponsabilidade e a desilusão ajudam o banditismo local, que prospera impunemente. Entre a vontade de acabar com a própria vida e a de lutar por sua sobrevivência, Drieu repara, contudo, em alguns detalhes dos parcos casos em curso. Aos poucos, quase sem querer, ele trará à luz o que ninguém mais queria ver. Logo, outras pessoas além dele vão desejar sua morte. Para todos, a hora das verdadeiras escolhas se aproxima...

Le Petit Prince a Dit

(França 1992). De Christine Pascal. Com Richard Berry. Em cores/101’.

Sinopse

Sinopse

Violette, 10 anos, transborda de vida e inteligência. Pai cientista, mãe atriz, divórcio bem-sucedido, as fadas-madrinhas parecem ter se debruçado sobre seu berço. Mas um dia acontece a Violette o que só acontece aos outros, o injusto, o irreparável, a fatalidade: ela tem um tumor no cérebro. A fim de evitar uma penoso e obstinado tratamento terapêutico, Adam, pai de Violette, a rapta e foge com ela, por uma estrada que irá se tornar a do conhecimento e da vida, uma viagem iniciática. De Lausanne a Milão, de Milão a Gênova e de Gênova a Provence, sudeste da França, o tête à tête entre o pai e a filha: ele acredita que vai impedi-la de morrer, ela vai ensiná-lo os laços familiares, eles reencontram a mãe e o dueto torna-se novamente um trio.
  • O marquês
  • O marquês

O marquês

Le marquis (França 2011). De Dominique Farrugia. Com Jean-Hugues Anglade, Richard Berry, Sara Martins. Em cores/85’.

Sinopse

Sinopse


Bandido de pequeno porte, Thomas Gardesse é mandado para a prisão. Lá, ele se faz passar pelo «Marquês», um gênio dos roubos a residências, cujo rosto ninguém jamais viu. Quinze dias antes de sair da prisão, facilitam-lhe a fuga para participar de um golpe. De fato, o mandante precisa muito dos talentos do Marquês...

  • Um Homem e uma Mulher: 20 Anos Depois
  • Um Homem e uma Mulher: 20 Anos Depois
  • Um Homem e uma Mulher: 20 Anos Depois

Um Homem e uma Mulher: 20 Anos Depois

Un homme et une femme: vingt ans déjà (França 1986). De Claude Lelouch. Com Anouk Aimée, Jean-Louis Trintignant, Richard Berry. Em cores/112’.

Sinopse

Sinopse

Seqüência do vencedor do Oscar® de melhor filme estrangeiro, Um homem e uma mulher: 20 anos depois, revisita o casal de protagonistas do primeiro filme e repete a direção do lendário Claude Lelouch.


Jean-Louis continua pilotando profissionalmente em corridas de automóveis, enquanto Anne tornou-se uma renomada diretora de cinema, às voltas com um fracasso. E é exatamente em busca de um sucesso para mudar sua carreira que Anne volta a procurar seu amado de duas décadas atrás, já que pretende fazer um filme inspirado na história que viveram.