Mathieu Demy

Mathieu Demy

(1972)

Biografia

<br />




Participação nos filmes

À Luz das Estrelas

À Luz das Estrelas

A la belle étoile (França 1993). Com Chiara Mastroianni, Julie Gayet, Mathieu Demy, Melvil Poupaud. Em cores/85’.

Sinopse

Sinopse

De Antoine Desrosières.

A educação sentimental de um jovem rapaz, marcado por quatro mulheres.

  • Americano
  • Americano
  • Americano
  • Americano
  • Americano

Americano

(França 2011). De Mathieu Demy. Com Mathieu Demy, Chiara Mastroianni, Geraldine Chaplin, Salma Hayek. Em cores/90’.

Sinopse

Sinopse


Martin vive em Paris com Claire, mas o relacionamento dos dois está em um impasse. Quando perde sua mãe, que ficou na Califórnia, Martin deve retornar à cidade da sua infância para tomar conta das formalidades relacionadas à herança. Chegando em Los Angeles, ele encontra Linda, uma amiga da família que o leva ao apartamento de sua mãe. As imagens de infância vêm à tona e o confundem. Incapaz de encarar esse desafio, ele foge para Tijuana, onde segue Lola, uma jovem mexicana que tivera um papel importante na vida de sua mãe. Ele a encontra no Americano, uma boate em que ela dansa todas as noites... Para vencer sua dor, Martin deverá revisitar seu passado.

allowscriptaccess='always'>
As Cento e uma noites

As Cento e uma noites

Les Cent et une nuits (França 1994). De Agnès Varda. Com Daniel Auteuil, Michel Piccoli, Alain Delon, Anouk Aimée, Fanny Ardant, Gérard Depardieu, Jane Birkin, Jean-Paul Belmondo, Jeanne Moreau, Marcello Mastroianni, Mathieu Demy, Patrick Bruel, Robert de Niro, Romane Bohringer, Sandrine Bonnaire. Em cores/122’.

Sinopse

Sinopse

O Senhor Cinema é quase centenário! Ex-ator, diretor e produtor, ele acredita personificar o próprio cinema e vive num castelo-museu, com seu mordomo-guardião, Firmin. Ele contrata uma jovem estudante, Camille, para exercitar aerobicamente sua memória, mas ela e seu amigo, Mica, querem fazer cinema. Eles armam então um complô para roubar dinheiro do velho, enquanto ele recebe seus amigos.
  • As Praias de Agnès
  • As Praias de Agnès
  • As Praias de Agnès
  • As Praias de Agnès

As Praias de Agnès

Les Plages d'Agnès (França 2008). De Agnès Varda. Com Mathieu Demy, Agnès Varda. Em cores/110’.

Sinopse

Sinopse


“Se você abrir uma pessoa, irá achar paisagens. Se me abrir, irá achar praias”. É assim que a cineasta Agnès Varda apresenta sua auto-biografia documental. Através das praias que tanto marcaram sua vida, ela revisita seu passado, da infância aos dias atuais, passando por seu período como fotógrafa, o casamento com Jacques Demy, o feminismo, as viagens, a família e os filmes. Com entrevistas, fotografias, reportagens e trechos de suas obras, Varda nos leva a um afetivo passeio pela história de uma cineasta que, aos oitenta anos, mantém sua curiosidade de jovem em relação ao mundo.

Documentira

Documentira

Documenteur (França 1980). De Agnès Varda. Com Barry Farell, Charles Southwood, Chris Leplus, Gary Feldman, Lisa Blok, Mathieu Demy, Sabine Mamou, Tina Odom, Tom Taplin. Em cores/63’.

Sinopse

Sinopse

Em Los Angeles, Emilie, uma francesa separada do homem que ama, procura um lugar pra morar com seu filho de 8 anos, Martin. Após encontrar moradia, ela recupera móveis de segunda mão largados pela rua, mas seu transtorno é expresso mais pelas pessoas que a observam que por ela mesma, que vive silenciosamente, num múltiplo exílio. Filme-gêmeo de Muros e murmúrios.

Jane B. por Agnès V

Jane B. par Agnes V. (França 1986). De Agnès Varda. Com Agnès Varda, Alain Souchon, Charlotte Gainsbourg, Farid Chopel, Henri Piednoir, Ian Marshall, James Milliard, Jane Birkin, Jean-Pierre Léaud, Laura Betti, Mathieu Demy, Monique Godard, Pascale Torsat, Philippe Leotard. Em cores/97’.

Sinopse

Sinopse

O filme é um retrato-cinematográfico, no qual descobre-se Jane Birkin sob várias facetas, em todos seus estados e em diferentes estações, como ela mesma ou como outras Jane: d’Arc, Calamity Jane, a Jane do Tarzan e a Jane do Gainsbourg. Mulher de mil reflexos, ela muda de cara e de papel para divertir-se com Agnès, que a rodeia, disfarçando-a ao propor ficções ou homenagens: Marilyn, Laurel. Um retrato semeado de mini-ficções, uma ficção semeada de mini-confidências de Jane B., no melhor de sua forma, em livre diálogo com quem a filma, Agnès V.
Jeanne e o rapaz bacana

Jeanne e o rapaz bacana

Jeanne et le garçon formidable (França 1998). De Jacques Martineau, Olivier Ducastel. Com Jacques Bonnaffe, Mathieu Demy, Virginie Ledoyen. Em cores/98’.

Sinopse

Sinopse

Sob um fundo de comédia musical, a história de um amor inacabado entre Jeanne (Ledoyen), jovem e livre, e Olivier, rapaz maravilhoso, porém, soropositivo, que foge quando a doença avança... Berlim 1998: Seleção Oficial César 1999: Indicado nas categorias melhor música e melhor primeiro filme

Le Silence

(França 2004). De Orso Miret. Com Mathieu Demy, Natacha Regnier. Em cores/’.

Sinopse

Sinopse

Olivier passa uma temporada na Córsega, no vilarejo serrano onde nasceu sua mãe, com Marianne, sua companheira, grávida de três meses. Uma temporada tranqüila, pontuada pelas caçadas ao javali com os homens do vilarejo... Até o dia em que Olivier vira a única testemunha de um assassinato. Meio corso, meio continental, Olivier fica assustado: deve obedecer à lei do silêncio e tornar-se cúmplice ou denunciar um conhecido, com risco de ser excluído da comunidade? Ele resolve calar-se. Por quanto tempo?

O Mestre do Kung-Fu

Kung Fu Master (França 1987). De Agnès Varda. Com André Six, Andrew Birkin, Aurélien Hermant, Begônia Leis, Charlotte Gainsbourg, Cyril Houplain, David Birkin, Eva Simonet, Franck Laurent, Gary Chekchak, Jane Birkin, Mathieu Demy, Ninon Vinsonneau. Em cores/78’.

Sinopse

Sinopse

Durante uma primavera chuvosa, uma mulher perto dos 40, Mary-Jane, apaixona-se por um garoto de 15 anos, Julien, colega de classe de sua filha, Lucy. Mary-Jane entedia-se em sua vida de divorciada com duas filhas. Ela vê e revê o adolescente Julien, que tenta fazê-la interessar-se por sua paixão: os video-games, em especial Kung-Fu Master, jogo no qual um lutador de kung-fu deve bater todos seus adversários para resgatar Sylvia. Após o retorno de uma escapadela numa ilha, as famílias de ambos reestabelecem a “normalidade” e Mary-Jane não verá mais Julien, sofrendo por sua ausência. Será que ele a amou de verdade? Ou ela teria sido para ele apenas mais uma diversão?
  • Os conquistadores
  • Os conquistadores

Os conquistadores

Les Conquérants (França 2013). De Xabi Molia. Com Denis Podalydes, Mathieu Demy. Em cores/96’.

Sinopse

Sinopse

Meios-irmãos, Galaad e Noé não têm muito em comum, a não ser uma coleção de fracassos pessoais. Convencidos que são amaldiçoados desde que o pai afanou uma relíquia sagrada, Galaad convence Noé a tomar uma atitude.