Marion Vernoux



Participação nos filmes

À boire

À boire

(França 2004). De Marion Vernoux. Com Emmanuelle Béart, Edouard Baer, Marina Foïs. Em cores/90’.

Sinopse

Sinopse

Três personagens se encontram no dia 29 de dezembro numa estação de esqui muito chique. Inès Larue bem que aceitaria uma bebida, pois o namorado acaba de abandoná-la, deixando-lhe a conta do hotel de 12.000 euros. Pierre-Marie Archambault, médico alcoólatra em tratamento contra o vício está uma pilha de nervos e também adoraria um drink. Finalmente, Seb Abd Al Abbas quebrou o braço no primeiro dia de esqui, estragando as férias. Já que não têm compromisso com ninguém e que estão tão gelados quanto a neve lá fora, estes três estropiados irão tomar um bom cocktail para melhorar o astral: álcool, amor e ajuda mútua...
  • Ninguém me ama
  • Ninguém me ama
  • Ninguém me ama

Ninguém me ama

Personne ne m'aime (França 1994). De Marion Vernoux. Com Bernadette Lafont, Bulle Ogier, Jean-Pierre Léaud, Maaike Jansen, Michèle Laroque. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse

Annie, mãe solteira, não vê sua filha há anos, acaba de ser despejada pelo namorado. Não é de hoje que suas relações sentimentais não dão certo. Já deveria ter se habituado, mas não é seu caso. Decide então procurar a irmã... César 1995: Indicado melhor primeiro filme Locarno 1994: Prêmio especial para Bernadette Laffont e Bulle Ogier
  • Os belos dias
  • Os belos dias
  • Os belos dias
  • Os belos dias

Os belos dias

Les beaux jours (França 2012). De Marion Vernoux. Com Fanny Ardant, Patrick Chesnais. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse

Quando decide de aposentar, Caroline não sabe muito bem como ocupar o seu tempo, até encontrar o jovem Julien, com quem passa uma ótima tarde e, apesar da diferença de idade, os dois iniciam uma relação amorosa. Porém, Caroline é casada, e seu marido Philippe vai fazer o que for necessário para recuperar sua esposa.

Rien à Faire

(França 1999). De Marion Vernoux. Com Valeria Bruni Tedeschi. Em cores/100’.

Sinopse

Sinopse

Um homem. Uma mulher. Casados, mas não um com o outro. Desempregados, eles não têm o que fazer de seus dias. Vão ao mesmo supermercado, tornam-se amigos e depois amantes. Uma amizade que, sem querer, dia após dia, vira amor. Um amor clandestino, insolente, inconseqüente, imprevisível, próprio para os dias de desemprego. Um dia, o homem encontra trabalho...
  • Um Dia de Rainha
  • Um Dia de Rainha

Um Dia de Rainha

Reines d'un jour (França 2001). De Marion Vernoux. Com Atmen Kelif, Clémentine Célarié, Evelyne Buyle, Gilbert Melki, Hélène Fillières, Jane Birkin, Jonathan Zaccai, Karin Viard, Marie-Sophie L, Melvil Poupaud, Philippe Harel, Sergi Lopez, Valérie Benguigui, Victor Lanoux. Em cores/94’.

Sinopse

Sinopse

Uma jornada pela vida de cinco personagens que se inicia às oito horas da manhã e termina às seis horas da manhã seguinte. Alguns dentre eles se conhecem de longa data, outros se encontram por um acaso. Uma rede de atrações entre homens e mulheres, na qual uma delas quer tirar proveito da situação, outra acaba perturbada, e em que todos jogam com o inesperado.