Jane Birkin

Biografia

<br />




Participação nos filmes

Jane B. por Agnès V

Jane B. par Agnes V. (França 1986). De Agnès Varda. Com Agnès Varda, Alain Souchon, Charlotte Gainsbourg, Farid Chopel, Henri Piednoir, Ian Marshall, James Milliard, Jane Birkin, Jean-Pierre Léaud, Laura Betti, Mathieu Demy, Monique Godard, Pascale Torsat, Philippe Leotard. Em cores/97’.

Sinopse

Sinopse

O filme é um retrato-cinematográfico, no qual descobre-se Jane Birkin sob várias facetas, em todos seus estados e em diferentes estações, como ela mesma ou como outras Jane: d’Arc, Calamity Jane, a Jane do Tarzan e a Jane do Gainsbourg. Mulher de mil reflexos, ela muda de cara e de papel para divertir-se com Agnès, que a rodeia, disfarçando-a ao propor ficções ou homenagens: Marilyn, Laurel. Um retrato semeado de mini-ficções, uma ficção semeada de mini-confidências de Jane B., no melhor de sua forma, em livre diálogo com quem a filma, Agnès V.
  • O amor por terra
  • O amor por terra

O amor por terra

L’Amour par terre (França 1984). De Jacques Rivette. Com Geraldine Chaplin, Jane Birkin. Em cores/125’.

Sinopse

Sinopse

Um excêntrico dramaturgo contrata os serviços de duas atrizes internacionais para encenarem em uma produção que se passará nos confins da sua mansão. A vida começa a imitar a arte quando o triângulo amoroso do texto da peça é transposto para o relacionamento dos três protagonistas. Rivette recebeu críticas no lançamento do filme pelas similaridades desse com o seu sucesso prévio, Céline Et Julie Vont En Bateau, mas mesmo fazendo uso dos mesmos elementos estilísticos do seu predecessor, L’Amour Par Terre continua a levantar questões provocativas enquanto Rivette explora a tênue linha entre performance e realidade.

O Mestre do Kung-Fu

Kung Fu Master (França 1987). De Agnès Varda. Com André Six, Andrew Birkin, Aurélien Hermant, Begônia Leis, Charlotte Gainsbourg, Cyril Houplain, David Birkin, Eva Simonet, Franck Laurent, Gary Chekchak, Jane Birkin, Mathieu Demy, Ninon Vinsonneau. Em cores/78’.

Sinopse

Sinopse

Durante uma primavera chuvosa, uma mulher perto dos 40, Mary-Jane, apaixona-se por um garoto de 15 anos, Julien, colega de classe de sua filha, Lucy. Mary-Jane entedia-se em sua vida de divorciada com duas filhas. Ela vê e revê o adolescente Julien, que tenta fazê-la interessar-se por sua paixão: os video-games, em especial Kung-Fu Master, jogo no qual um lutador de kung-fu deve bater todos seus adversários para resgatar Sylvia. Após o retorno de uma escapadela numa ilha, as famílias de ambos reestabelecem a “normalidade” e Mary-Jane não verá mais Julien, sofrendo por sua ausência. Será que ele a amou de verdade? Ou ela teria sido para ele apenas mais uma diversão?

Slogan

(França 1969). De Pierre Grimblat. Com Jane Birkin, Serge Gainsbourg. Em cores/90’.

Sinopse

Sinopse

Um homem bem sucedido se engaja em negócios ilícitos nesta sátira comédia romântica. Serge (Serge Gainsbourg), é um vencedor no festival anual de prêmios de publicidade que acontece anualmente em Veneza. Quando ele conhece a bela mulher britânica Evelyne (Jane Birkin), ele a estabelece em um apartamento e os planos para deixar a esposa grávida. O novo amor do casal extremamente rasas é quebrada quando Evelyne foge para se casar com um piloto de lancha. Serge continua trabalhando para a empresa de publicidade e continua sua busca de aventuras amorosas sem compromisso.
  • Um Dia de Rainha
  • Um Dia de Rainha

Um Dia de Rainha

Reines d'un jour (França 2001). De Marion Vernoux. Com Atmen Kelif, Clémentine Célarié, Evelyne Buyle, Gilbert Melki, Hélène Fillières, Jane Birkin, Jonathan Zaccai, Karin Viard, Marie-Sophie L, Melvil Poupaud, Philippe Harel, Sergi Lopez, Valérie Benguigui, Victor Lanoux. Em cores/94’.

Sinopse

Sinopse

Uma jornada pela vida de cinco personagens que se inicia às oito horas da manhã e termina às seis horas da manhã seguinte. Alguns dentre eles se conhecem de longa data, outros se encontram por um acaso. Uma rede de atrações entre homens e mulheres, na qual uma delas quer tirar proveito da situação, outra acaba perturbada, e em que todos jogam com o inesperado.