Bertrand Bonello

Biografia

Nasceu em 1968, na França. Seu primeiro longa-metragem, Quelque chose d'organique (1998), foi exibido na mostra Panorama do Festival de Berlim. Entre seus filmes, destacam-se O Pornógrafo (2001), selecionado para a Semana da Crítica de Cannes, Tiresia (2003), que participou da competição de Cannes, e Na Guerra (2008), selecionado para a Quinzena dos Realizadores de Cannes.




Participação nos filmes

Ingrid Caven, Música e Voz

Ingrid Caven, Música e Voz

Ingrid Caven, Musique et Voix (França 2012). De Bertrand Bonello. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse


Nas palavras do diretor Bertrand Bonello: "No dia 3 de maio de 2006, eu vi uma apresentação de Ingrid Caven na Cité de la Musique, em Paris. Eu conhecia seus discos, sua música, sua voz, mas nunca a havia visto se apresentando ao vivo. Descobri então nessa noite algo que eu nunca tinha visto antes. Restava apenas mais uma apresentação, na noite seguinte. Eu tinha que filmá-la de qualquer maneira”.

  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância

L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância

L'Apollonide, souvenirs de maison Close (França 2011). De Bertrand Bonello. Com Céline Salette, Hafsia Herzi, Jacques Nolot, Pauline Acquart, Xavier Beauvois. Em cores/122’.

Sinopse

Sinopse


Início do século XX: o bordel L’Apollonide está vivendo seus últimos dias. Neste mundo fechado, onde alguns homens se apaixonam e outros se tornam viciosamente dependentes, as garotas dividem seus segredos. Uma das prostitutas tem a face marcada por uma cicatriz que lhe desenha um sorriso trágico. Em volta da mulher que ri, a vida das outras garotas se organiza; suas rivalidades, seus medos e suas dores... Do mundo exterior, não se tem notícia. A maison está fechada.

Na Guerra

De la guerre (França 2008). De Bertrand Bonello. Em cores/130’.

Sinopse

Sinopse

Com Mathieu Amalric, Asia Argento, Guillaume Depardieu, Clotilde Hesme, Michel Piccoli. - O cineasta Bertrand vive um pouco afastado do mundo, perdido em utopias. Ao visitar uma funerária como locação para seu novo filme, acaba preso dentro de um caixão, onde é obrigado a passar a noite. Após esta experiência, acorda diferente e repensa sua vida. Seguindo o convite de um homem misterioso, vai parar numa comunidade isolada na floresta que segue uma disciplina marcial em busca de satisfação permanente. Lá ele aprende que, para se alcançar o prazer hoje, é preciso travar uma guerra contra o mundo moderno. Exibido na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2008
  • Nocturama
  • Nocturama
  • Nocturama

Nocturama

(Alemanha, Bélgica, França 2016). De Bertrand Bonello. Com Finnegan Oldfield, Hamza Meziani, Vincent Rottiers. Em cores/130’.

Sinopse

Sinopse

Paris, uma manhã. Vários jovens de diferentes origens. Cada um por si, eles começam um balé estranho no labirinto do metro e nas ruas da capital. Eles parecem seguir um plano. Seus movimentos são precisos, quase perigosos. Eles se encontram todos ao mesmo tempo em uma loja de departamento, na hora de fechar. Então a noite começa.
  • O Pornógrafo
  • O Pornógrafo
  • O Pornógrafo
  • O Pornógrafo
  • O Pornógrafo

O Pornógrafo

Le Pornographe (Canadá, França 2001). De Bertrand Bonello. Com Alice Houri, Catherine Mouchet, Dominique Blanc, Jean-Pierre Léaud, Jérémie Elkaïm, Jérémie Renier. Em cores/106’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse


Jacques, diretor de filmes pornográficos famoso nos anos 70, retoma sua atividade devido à problemas financeiros. Sua preocupação é que suas cenas de sexo contenham amor... em vão. Alguns anos antes, seu filho Joseph, de 17anos, havia fugido de casa descobrindo a verdadeira profissão do pai. O tempo passou; pai e filho reencontram-se no momento em que Jacques procura uma maneira de acabar a vida e Joseph de construir a sua.
* Grande Prêmio 2001 da Semaine de la critique*.

Onde estão os meninos

Onde estão os meninos

Where the boys are (França 2009). De Bertrand Bonello. Em cores/22’.

Sinopse

Sinopse

Quatre jeunes filles dans un appartement rêvent à un hypothétique garçon pendant que, devant l'immeuble où elles habitent, s'achève la construction de la mosquée de Gennevilliers.
  • Saint Laurent
  • Saint Laurent
  • Saint Laurent
  • Saint Laurent
  • Saint Laurent

Saint Laurent

(França 2014). De Bertrand Bonello. Com Gaspard Ulliel, Jérémie Renier, Léa Seydoux. Em cores/150’.

Sinopse

Sinopse

Entre os anos 1967 e 1976, o estilista Yves Saint-Laurent reinou sozinho no mundo da alta costura francesa. Esta biografia mostra o seu processo criativo, as fotografias e entrevistas polêmicas, a relação com o marido e empresário Pierre Berger, os casos amorosos extra-conjugais e a relação com o álcool e as drogas, que quase destruíram o império da marca YSL.

Tiresia

(França 2003). De Bertrand Bonello. Com Clara Choveaux, Laurent Lucas. Em cores/111’.

Sinopse

Sinopse

Por sua beleza, transexual brasileira atrai Terra Nova, que a quer só para sí. Ao prendê-la em seu apartamento sem supri-la de hormônios, ela volta à forma masculina.