Agnès Jaoui

Agnès Jaoui

(1964)

Biografia

Nasceu em Antony, França, em 1964. Estudou interpretação com Patrice Chéreau e teve seu primeiro papel de peso no cinema em "Le Faucon" (1983), de Paul Boujenah. Em 1987 integrou o elenco de "Hôtel de France", de Chéreau. Entre outros, escreveu os roteiros das peças "Cuisine et Dépendances" (Philippe Muyl) e "Un Air de Famille" (Cédric Klapisch), premiada em ambos com o Molière. Criou também os roteiros de "Smoking/No Smoking" (1993), um dos mais famosos filmes de Alain Resnais, vencedor do prêmio César de melhor roteiro, e de "Amores Parisienses" (On Connait la Chanson/1997), outro grande sucesso de Resnais. Estreou como diretora com "O Gosto dos Outros" (2001), indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.  Com "Questão de Imagem", recebeu o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes 2004.




Participação nos filmes

  • Além do Arco-íris
  • Além do Arco-íris
  • Além do Arco-íris

Além do Arco-íris

Au bout du conte (França 2012). De Agnès Jaoui. Com Agathe Bonitzer, Arthur Dupont, Jean-Pierre Bacri, Agnès Jaoui. Em cores/112’.

Sinopse

Sinopse

Era uma vez uma garotinha que acreditava no grande amor, nos sinais e no destino; uma mulher que sonhava em ser atriz e faria de tudo para conquistar seu sonho; um rapaz que acreditava em seu talento de compositor, mas não confiava muito nele mesmo. Era uma vez uma garotinha que acreditava em Deus. Era uma vez um homem que não acreditava em nada, até o dia em que uma vidente previu a data de sua morte, e finalmente, ele teve que acreditar.
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses

Amores Parisienses

On connaît la chanson (França 1997). De Alain Resnais. Com Agnès Jaoui, André Dussolier, Jane Birkin, Jean-Paul Roussilon, Jean-Pierre Bacri, Lambert Wilson, Sabine Azema. Em cores/120’.

Sinopse

Sinopse


Os desencontros amorosos de seis personagens, divididos entre suas rotinas profissionais e os dilemas do coração. Ao som de clássicos da música popular francesa, eles viverão alguns mal-entendidos capazes de gerar crises de ciúmes, stress e paixões inebriantes.

Cuisine et Dépendances

(França 1993). De Philippe Muyl. Com Agnès Jaoui, Jean-Pierre Bacri, Zabou. Em cores/96’.

Sinopse

Sinopse

O jantar organizado naquela noite por Jacques e Martine deveria ser um verdadeiro acontecimento, mas ao invés disso, será uma sucessão de pequenos dramas, acabando numa cena digna de teatro. O atraso de duas horas do convidado de honra e sua mulher, o haddock muito salgado, a misantropia consativa de Georges, a interminável partida de pôquer depois do jantar, tudo contribui para excitar uns e entediar os outros...
  • Enquanto Houver Esperança
  • Enquanto Houver Esperança
  • Enquanto Houver Esperança
  • Enquanto Houver Esperança

Enquanto Houver Esperança

La Maison de Nina (França 2008). De Richard Dembo. Com Agnès Jaoui, Bernard Blancan, Vincent Rottiers. Em cores/112’.

Sinopse

Sinopse


Nina, diretora de um orfanato no final da 2a. Guerra Mundial, trabalha duro para cuidar e proteger seus filhos. Quando as crianças judias deportadas da Alemanha chegam, o caos se instaura. Nina precisa ir muito além dos limites profissionais para reestabelecer a paz entre suas crianças. Junto, eles descobrem unidade na diversidade, o valor da fé, a coragem para esperar viver novamente depois do despertar da catástrofe e ruína.

Enquanto o Sol Não Vem

Enquanto o Sol Não Vem

Parlez-moi de la pluie (França 2008). De Agnès Jaoui. Com Agnès Jaoui, Jamel Debbouze, Jean-Pierre Bacri. Em cores/110’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse

Sinopse

De maneira bem humorada, esse filme acompanha a estada de uma mulher durante 10 dias na casa de sua família, no Sul da França, para ajudar a irmã a organizar os bens da sua falecida mãe. Lá ela irá conviver também com o cunhado, sobrinhos e uma antiga empregada, mãe de um rapaz que decide retratá-la em um documentário que ele está produzindo sobre mulheres bem sucedidas. Porém, é agosto, o tempo está ruim e chove muito. Isso não é normal. Mas nada ali está parecendo normal.
  • Feito gente grande
  • Feito gente grande

Feito gente grande

Du vent dans mes mollets (França 2012). De Carine Tardieu. Com Agnès Jaoui, Denis Podalydes, Isabelle Carré. Em cores/89’.

Sinopse

Sinopse

Dividida entre seus pais, que a enchem de amor e de almôndegas, Rachel, 9 anos, conta os minutos que a separam da liberdade. Até o dia em que seu caminho cruza o da intrépida Valérie.
  • L'Amoureuse
  • L'Amoureuse

L'Amoureuse

(França 1987). De Jacques Doillon. Com Agnès Jaoui, Marianne Denicourt, Valeria Bruni Tedeschi. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse

Alguns amigos se reunem na Normandie, numa grande casa perto do mar, para celebrar o aniversário da Vanessa. Mas esta, suja história de amor com Michel acabou, não tem muita vontade de festejar.
  • O Gosto dos Outros
  • O Gosto dos Outros
  • O Gosto dos Outros
  • O Gosto dos Outros
  • O Gosto dos Outros

O Gosto dos Outros

Le Goût des autres (França 2000). De Agnès Jaoui. Com Agnès Jaoui, Alain Chabat, Anne Alvaro, Brigitte Catillon, Gerard Lanvin, Jean-Pierre Bacri. Em cores/112’.

Sinopse

Sinopse

Um diretor de empresa encontra uma atriz, amiga de uma garçonete, que encontrou um guarda-costas, que trabalha como caminhoneiro, que por sua vez dá carona para uma decoradora, mulher do diretor de empresa, que gostaria de ser amigo de artistas e que... É a história do gosto de uns e dos preconceitos de outros. * César 2000 - Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante -Anne Alvaro, Melhor Ator Coadjuvante -Gérard Lanvin, Melhor Roteiro *

  • O Papel da sua Vida
  • O Papel da sua Vida
  • O Papel da sua Vida

O Papel da sua Vida

Le Rôle de sa vie (França 2004). De François Favrat. Com Agnès Jaoui, Karin Viard. Em cores/100’.

Sinopse

Sinopse


Free-lancer de um jornal de moda, Claire Rocher conhece Elisabet Becker, uma estrela do cinema. Tudo nelas é diferente: seu modo de ser, seus relacionamentos com os homens, e claro, o quanto têm de dinheiro e fama. Claire fica encarregada de ser a assistente pessoal de Elisabeth, e a partir daí sua vida vai mudar. Pouco a pouco as duas mulheres vão se tornando amigas. Bem, pelo menos assim Claire imagina...

  • Praça Pública
  • Praça Pública
  • Praça Pública

Praça Pública

Place publique (França 2018). De Agnès Jaoui. Com Jean-Pierre Bacri, Agnès Jaoui. Em cores/98’.

Sinopse

Sinopse

Castro costumava ser um apresentador de TV de sucesso, mas sua fama ficou no passado. Quando sua produtora, Nathalie, se muda para o interior, ele vai parar em uma festa junto com sua filha, sua ex-mulher, a atual namorada e uma porção de excêntricos convidados.