Brésil en Mouvements

Brésil en Mouvements


Paris, 27/09 a 03/10/2017

Brésil en Mouvements (BEM) é uma mostra não-competitiva de documentários sobre questões sociais e ambientais brasileiras que acontece anualmente na França.Organizada desde 2005, a mostra chega à sua 13ª entre os dias 27 de setembro e 1 de outubro em Paris. O evento funciona como uma janela para compreender e refletir sobre a sociedade brasileira de ontem e de hoje, mas também para construir pontes entre o Brasil e a França e ampliar o diálogo entre os dois países. Além das projeções, são organizados encontros e debates em torno de temáticas como inovação social, economia social e solidária, identidades negras, povos autóctones, direito do trabalho, meio ambiente, agricultura, agroecologia, direito à moradia, bairros populares, sindicalismo, música, culturas urbanas e, em destaque este ano, os direitos das mulheres e das pessoas LGBTIs. Assista ao trailer do evento.

PROGRAMAÇÃO 2017

27.09 | Quarta-feira
sessão de abertura será dedicada ao filme Martírio em presença do cineasta e antropólogo, Vincent Carelli. 

28.09 | Quinta-feira
No dia seguinte, a Mostra dá continuidade à discussão da questão indígena com a sessão Vídeo nas aldeias, onde será apresentado o projeto homônimo idealizado por Carelli em 1987, que promove a formação e produção audiovisual em aldeias brasileiras. 
Os direitos das pessoas LGBTIs protagonizam a segunda sessão do dia, quando será exibido A Cidade Do Futuro de Cláudio Marques, seguido por um debate sobre identidades sexuais.

29.09 | Sexta-feira
No terceiro dia da Mostra, o público parisiense poderá desfrutar das sessões Quando as mulheres falam com a exibição de Precisamos Falar do Assédio dirigido por Paula Sacchetta, seguido de um debate sobre como denunciar as violências contra as mulheres, e da sessão Les Ateliers Varan composta por filmes produzidos durante a residência artística realizada em Recife, no ano passado.

30.09 | Sábado
A tríade Transmissão e Memória autóctoneTerras Sagradas e Política e Religião compõe a programação no penúltimo dia.

01.10 | Domingo
O quinto e último dia encerra o Festival com as sessões Imagens da Resistência que mostra, através dos filmes Resistência de Eliza Capai e Na missão, com Kadu de Ajano Bemfica, Kadu Freitas e Pedro Maia de Brito, as lutas de dois movimentos sociais contra o poder abusivo e violento, e Porno-História do Brasil, que contará com a projeção de Histórias que nosso cinema (não) contava de Fernanda Pessoa.

A programação completa está disponível no site.

Organização: Autres Brésils. 

 

Ordenar por: título | data de exibição

Programação