Novidades DVD

Fevereiro

Locação
  • O Capital Le Capital (França 2012). De Costa-Gavras. Com Gad Elmaleh, Natacha Regnier. Em cores/113’.
  • O homem que ri L’homme qui rit (França 2012). De Jean-Pierre Améris. Com Emmanuelle Seigner, Gérard Depardieu, Marc-André Grondin. Em cores/93’.
  • Tabu (Alemanha, Brasil, França, Portugal 2012). De Miguel Gomes. Em preto e branco/118’.
  • Salvo (França, Itália 2013). De Antonio Piazza, Fabio Grassadonia. Com Saleh Bakri. Em cores/108’.
Pré-venda
  • Zarafa (Bélgica, França 2011).De Jean-Christophe Lie, Rémi Bezançon. Animação em cores/78’.

Resumo

Janeiro

Locação

    • Depois de maio Après mai (França 2012). De Olivier Assayas. Com Lola Créton. Drama em cores/140’.
    • Silent Hill: Relevação Silent Hill: Revelation (Canadá, França 2012). De Michael J. Bassett. Com Adelaide Clemens, Sean Bean. Terror em cores/’.
    • Hannah Arendt (Alemanha, França, Luxemburgo 2012). De Margarethe Von Trotta . Drama em cores/113’.
    • Os sabores do palácio Les Saveurs du Palais (França 2012). De Christian Vincent. Com Arthur Dupont, Catherine Frot, Hippolyte Girardot. Em Cores/95’.
    • Confissões de um jovem apaixonado Confession d'un enfant du siècle (Alemanha, França, Grã-Bretanha 2011). De Sylvie Verheyde. Com Charlotte Gainsbourg, Peter Doherty. Em Cores/120’
    •  Eu, Anna I, Anna (Alemanha, França, Grã-Bretanha 2012). De Barnaby Southcombe. Com Charlotte Rampling, Gabriel Byrne. Em cores/93’.
    • A Bela que dorme Bella addormentata (França, Itália 2012). De Marco Bellocchio. Com Isabelle Huppert. Em cores/115’.
    • Simplesmente uma mulher Just Like a Woman (Estados Unidos, França, Grã-Bretanha (Reino Unido, UK) 2011). De Rachid Bouchareb. Em cores/96’.

Resumo

Dezembro

Locação

  • A Família Malavita (Estados Unidos, França, 2013). De Luc Besso. Com Robert de Niro, Tommy Lee Jones, Michelle Pfeiffer. Ação em cores/'111. 
  • Confissões de Lagerfeld Lagerfeld Confidentiel (França, 2007). De Rodolphe Marcono. Documentário em cores/88'
  • My Way, o mito além da música Cloclo (França 2012). De Florent-Emilio Siri. Com Benoît Magimel, Jérémie Renier. Em cores/148’.
  • Qual é o nome do bebê? Le prénom (França 2012). De Alexandre de la Patellière, Mathieu Delaporte. Com Charles Berling, Patrick Bruel, Valérie Benguigui. Comédia em cores/109’.
  • A datilógrafa Populaire (França 2012).De Regis Roinsard. Com Bérénice BejoDéborah FrançoisRomain Duris. Comédia em cores/111’.

  • Adeus, minha rainha Les Adieux, à la Reine (França 2012). De Benoit Jacquot. Com Diane KrugerLéa SeydouxVirginie Ledoyen. Drama em cores/104’.
  • Quebra de conduta Möbius (EUA, França 2013). De Eric Rochant. Com Jean Dujardin, Cécile de France. Policial em cores/103'
  • Vocês ainda não viram nada Vous n'avez encore rien vu (França 2012). De Alain Resnais. Com Mathieu Amalric, Pierre Arditi, Sabine Azema. Drama em cores/115’.

exclusivos para Venda

  • Qual é o nome do bebê? Le prénom (França 2012). De Alexandre de la Patellière, Mathieu Delaporte. Com Charles Berling, Patrick Bruel, Valérie Benguigui. Comédia em cores/109’.
  • Sejam muito bem vindos Bienvenue parmi nous (França 2011). De Jean Becker. Com Com Jeanne Lambert, Miou-Miou, Patrick Chesnais. Drama em cores/90’.

Resumo

Em DVD

O CINEFRANCE NÃO COMERCIALIZA NEM ALUGA OS FILMES APRESENTADOS AQUI

Há 463 registros disponíveis.

Filmes em DVD/Vídeo

  • 13º Distrito - Ultimato
  • 13º Distrito - Ultimato
  • 13º Distrito - Ultimato
  • 13º Distrito - Ultimato
  • 13º Distrito - Ultimato

13º Distrito - Ultimato

Banlieue 13 - Ultimatum (França 2009). De Patrick Alessandrin. Com Cyril Raffaelli, David Belle, Philippe Torreton. Em cores/90’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse

Luc Besson apresenta...


Dois anos depois. O governo mudou, mas nada mais. O muro está cada vez maior e mais longo, separando as cidades do resto da sociedade e transformando-as em guetos onde as gangues proliferam e aumentam sua influência. Cinco vizinhanças étnicas, todas chefiadas por chefes perigosos, controlam todo o tipo de comércio ilegal. Mais determinados que nunca em resolver problema, os serviços secretos deliberadamente acendem o fogo neste barril de pólvora. Damien, policial expert em artes marciais, e leito, que consegue se esgueirar incógnito pelos lugares mais perigosos do distrito, juntam-se novamente para salvar o 13° distrito do caos e da destruição.

  • 15 Anos e Meio
  • 15 Anos e Meio
  • 15 Anos e Meio
  • 15 Anos e Meio

15 Anos e Meio

15 ans et demi (França 2008). De François Desagnat, Thomas Sorriaux. Com Daniel Auteuil, Juliette Lamboley. Em cores/97’.

Sinopse

Sinopse

A bem-humorada história de um cientista francês que mora nos Estados Unidos e que se vê obrigado a retornar à sua terra natal para cuidar da filha adolescente, com quem não tem contato há vários anos. Enquanto se esforça para construir uma relação com a garota, o pai descobre que ela está muito mais interessada em seus amigos, namorados e festas.

2 Dias em Nova York

2 Dias em Nova York

2 Days in New York (Alemanha, França 2012). De Julie Delpy. Com Julie Delpy. Em cores/96’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse

Marion é um francesa sediada em Nova York, onde vive com Mingus, os dois filhos que tiveram em outros relacionamentos e um gato. O casal está totalmente apaixonado! Marion é uma fotógrafa e prepara sua exposição, enquanto que Mingus é um jornalista de rádio. A rotina dos dois é abalada com a chegada da família de Marion. Seu pai, sua irmã e seu namorado visitam a cinema para a abertura da exposição.
  • 22 Balas
  • 22 Balas
  • 22 Balas
  • 22 Balas
  • 22 Balas

22 Balas

L'Immortel (França 2010). De Richard Berry. Com Jean Reno, Richard Berry, Jean-Pierre Darroussin, Kad Merad, Marina Foïs, Moussa Maaskri. Em cores/115’.

Sinopse

Sinopse


Depois de anos vivendo fora da lei , Charly Mattei resolveu nos últimos três anos se dedicar à familia e viver harmoniosamente com sua esposa e seus dois filhos pequenos. No entanto, em uma manhã de inverno, ele é encontrado em um estacionamento com 22 balas no corpo. Apesar de muitos acreditarem que ele havia morrido, Charly misteriosamente sobrevive. Agora ele sai à caça de Tony Zacchia, o único homem que se atreveria a tentar matá-lo... Zacchia cometeu apenas um erro: ele falhou.

  • 3 Macacos
  • 3 Macacos

3 Macacos

Üç maymun / Three Monkeys (França, Itália, Turquia 2008). De Nuri Bilge Ceylan. Em cores/109’. Classificação etária 16 anos.

Sinopse

Sinopse

Uma família confrontada com pequenos segredos tenta a todo custo manter-se unida para encobrir a verdade.
  • 36 Anti-Corrupção
  • 36 Anti-Corrupção
  • 36 Anti-Corrupção
  • 36 Anti-Corrupção
  • 36 Anti-Corrupção

36 Anti-Corrupção

36, Quai des Orfèvres (França 2004). De Olivier Marchal. Com André Dussolier, Daniel Auteuil, Gérard Depardieu, Roschdy Zem, Valeria Golino. Em cores/110’.

Sinopse

Sinopse

Um grupo perigoso de bandidos começa a agir com extrema violência e impunidade durante um bom tempo, até que o diretor da polícia decide promover uma espécie de concurso interno entre seus dois principais tenentes para acabar com a onda de crimes. Aquele que conseguir derrotar e prender a gangue ficará com o posto de chefe da polícia. A luta entre os dois, e contra a gangue, começa e todas as armas são válidas para vencer a violência e também estimular a competição entre duas pessoas que antes eram amigos e agora se vêem divididos, em diversos aspectos.

360

360

360 (Áustria, Brasil, França, Grã-Bretanha (Reino Unido, UK) 2011). De Fernando Meirelles. Com Anthony Hopkins, Jude Law, Rachel Weisz. Em cores/110’.

Sinopse

Sinopse


Inspirado em "La Ronde”, clássica peça de Arthur Schnitzler, 360 é uma reunião de histórias dinâmicas e modernas, passadas em diversas partes do mundo. Dirigido por Fernando Meirelles, filme começa em Veneza e passa por Paris, Londres, Rio de Janeiro, Bratislava, Denver e Phoenix. O elenco conta com as presenças de Rachel Weisz, Anthony Hopkins, Maria Flor, Jude Law e Ben Foster.


  • A Agenda
  • A Agenda

A Agenda

L'Emploi du temps (França 2001). De Laurent Cantet. Com Karin Viard. Em cores/128’.

Sinopse

Sinopse

Vincent está desempregado, mas sem coragem de contar à esposa e aos três filhos. Todas as manhãs ele sai para "trabalhar", mas na verdade fica perambulando pela cidade. No seu desespero por se reintegrar à sociedade, Vincent simula viagens de negócios e chega ao cúmulo de entrar em escritórios e cumprimentar as pessoas como se fosse parte da equipe. Quanto mais o tempo passa, mais Vincent se enrola para convencer a família de que tem uma agenda cheia de compromissos e suas mentiras começam a surtir efeito, aumentando os problemas familiares e sua angústia pessoal.
  • A Árvore
  • A Árvore
  • A Árvore
  • A Árvore

A Árvore

L'Arbre (Austrália, França 2010). De Julie Bertuccelli. Com Charlotte Gainsbourg. Em cores/100’.

Sinopse

Sinopse

Um casal vive feliz com seus quatro filhos em um vilarejo da Austrália. Depois da morte repentina de seu pai, Simone, de oito anos, passa a dividir um segredo com sua mãe Dawn: ela acredita que seu pai pode conversar com ela através das folhas de sua árvore preferida e passa horas ali, sentindo a presença dele. O novo vínculo entre mãe e filha é ameaçado quando Dawn começa um relacionamento com George, o encanador contratado para remover as raízes incômodas da árvore. Quando os galhos da árvore começam a entrar pela casa, a família é forçada a tomar uma decisão.

  • A Batalha de Argel
  • A Batalha de Argel
  • A Batalha de Argel

A Batalha de Argel

La Bataille d'Alger (Argélia, França, Itália 1966). De Gillo Pontecorvo. Em preto e branco/121’.

Sinopse

Sinopse

A Batalha de Argel descreve eventos decisivos da guerra pela independência da Argélia, marco do processo histórico de libertação das colônias européias na África. A ação concentra-se entre 1954 e 1957, mostrando como agiam os dois lados do conflito: enquanto o exército francês recorria à política de eliminação e à tortura, a Frente de Libertação Nacional desenvolvia técnicas não convencionais de combate baseadas na guerrilha e no terrorismo. Neste filme de imensa atualidade, o mestre italiano Gillo Pontecorvo mudou a história do cinema político ao construir uma narrativa de tirar o fôlego, em que mistura técnicas de documentário e de ficção.